sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

ELE ESCOLHEU OS QUE QUIS...



Meditação do Evangelho de Marcos 3, 13 a 19


Imagem da Net



O teu seguimento é sempre precedido de um chamado teu, Senhor. Não fui eu que te escolhi, mas tu que me escolhestes, que me convidastes, a construir contigo o teu Reino. Chamas a quem queres, não fazes acepção de pessoas, e nenhum de nós está capacitado para cumprir a missão que nos é designada. Tu me capacitas, me preparas, me envias ao mundo, para anunciar que o teu Reino já começou, já está entre nós, já é uma realidade. Juntos, vamos fazendo história, vamos somando experiências, vamos aprendendo, nos ajudando e iluminando as trevas que nos rodeia. Vamos combatendo os nossos vícios, o nosso orgulho, egoísmo, vaidades, prepotência, arrogância,e toda sorte de pretensões. Vamos construindo pontes, desatando nós, combatendo a violência, a divisão, os maus tratos,o desamor. Vamos matando a sede e saciando de pão e de amor os que encontramos pelo caminho: esse é o Reino.  Vamos ensinando com o nosso exemplo àqueles que ainda não te conhecem ou que não pararam para te ouvir. E assim como chamaste aos doze, chamaste-me também um dia, e todos juntos, de ontem e de hoje, continuamos levantando as paredes desse Reino, pedra sobre pedra, até que tu venhas. Eu te agradeço porque me escolheste, porque acreditas que eu posso, quando nem mesmo eu confio tanto. Obrigada por cada conquista, cada descoberta, cada nova luz, cada conscientização. Eu estou aqui, quero te seguir, e carregar sempre comigo a esperança e a certeza de que minha vida tem sentido, de que decidi-me pela melhor parte, decidi-me por Deus.

domingo, 14 de janeiro de 2018

Vem! Segue-me...

Evangelho de João 1, 35-42
Reflexão Pessoal



                                                     A palavra de Jesus , insistentemente , é um convite permanente a seguí-Lo.Deus  se fez homem na pessoa de Jesus.Vivemos há pouco, na celebração do Natal,  a reafirmação dessa verdade absoluta para o cristão.
                                                     Ouvir  e atender o chamado do Senhor é o que faz a diferença em nossa caminhada na vida. Ele nos chama várias vezes , através de acontecimentos, de palavras vindas de alguém , de nossas tribulações,de nossas alegrias, enfim também de nossas tristezas.
                                                     Saber ,discernir, o que vem de Deus para nós vai depender de como está a nossa   Fé no Senhor... Poder afirmar : " Jesus eu confio em Vós" é assumir o compromisso da entrega irrestrita  a Ele , reconhecer a sua glória e o seu poder, pois tudo que acontece de bom e é viabilizado pela graça é por sua obra de misericórdia que atende nosso clamor! 
                                                     Sim, Ele quer ouvir a minha voz! A sua voz! a nossa voz.
                                                     

                                                 Ficar atenta ao que me cerca, comunidades, grupos de Oração , pessoas do meu cotidiano são fontes de revelaçao...tanto podem construir  para o Bem ,quanto minar minhas defesas e fragilizar minha relação com Deus. João  apontou Jesus e o descreveu para os discipulos :,
"Eis o cordeiro de Deus", 





                                                  E eles seguiram Jesus até onde morava, entretanto não bastava seguir , Jesus precisava saber oque eles queriam .
                                                  Confirmar o meu seguimento ,me comprometer, aderir ao projeto  de salvação do Senhor ´, amar na extensão que Ele me ama  é o que me faz dia-a-dia  colocar-me diante do espelho e perguntar: 
                                                 - Senhor ! Estou sendo infiel a Vós...
                                                 - Senhor ! Por quê tantas vacilações..
                                                 - Senhor ! Por quê hoje não consegui ser mais forte que ontem..
                                                 - Senhor! Por quê me amais tanto...
                                                 - Senhor! Por quê não chamei por Vós nessa hora...
                                                 - Senhor ! Para onde estou indo...

                                                 E assim de súplica em súplica percebo que estou diante do Pai, que Ele está me acolhendo, que Ele está me  abraçando e dizendo carinhosamente, Filha eu estou aqui,não percebes? Abre mais o teu coração,repousa aos meus pés, perdoa ..tudo ... E confia a tua vida a mim...pois conheço teu coração e te chamo pelo nome.Eu sou teu Deus!
                                                 
                                                 Se no silêncio Deus nos fala , se Maria  , Senhora do Silêncio,guardava tudo no seu coração ,ensina-me Senhor a vos ouvir e escutar no silêncio de minha alma!

                                                 Quero sempre vos seguir! 


escrito por maria claudete
www.claudete-viaspercorridas.blogspot.com.br
                                         

domingo, 7 de janeiro de 2018

Epifania do Senhor

 Evangelho de Mateus 2,1-12

(Reflexão)


«A Igreja celebra a Epifania, isto é, a manifestação do Senhor ao mundo inteiro. Os Magos representam os povos de todas as línguas e nações que se põem a caminho, chamados por Deus, para adorar Jesus (cf. Mt 2, 1-12)».

A Epifania recorda-me que devo esforçar-me por todos os meios para que os meus amigos, colegas  e familiares se aproximem de Jesus.
Os Reis Magos seguindo a estrela encontraram o lugar onde estava Jesus rodeado por Maria e José regressando por outro caminho.
Assim devo entender a minha adesão a Cristo que, como aconteceu com os Magos, me instiga a que mude de rumo, que ande por caminhos novos:  os caminhos do amor, da salvação e transformação.  
Também eu necessito de estar constantemente atenta à estrela que representa todos os sinais de Deus para que encontre O Messias Salvador.
Como os magos que seguiram a estrela em tão longa viagem não mostrando fadiga, porque a sua fé era sólida e os seus corações generosos, com eles devo aprender o quão importante é a minha perseverança na busca do Senhor persistindo na prática de boas obras, mesmo nos momentos mais sombrios da minha vida. Momentos esses que só serão superados pelo fortalecimento da minha fé.


Ó Deus de luz e paz,
tua glória, que um dia resplandeceu sobre a criança de Belém,
ainda atrai as nações para junto de ti.

Nós te pedimos humildemente:
dispersa as trevas que encobrem nosso caminho,
para que possamos vir e prostrarmo-nos diante de Cristo em verdadeira adoração,
e oferecer-lhe nossos corações e mentes,
para então retornarmos às nossas casas dispostos a viver como ele nos ensinou.
Amém!

domingo, 24 de dezembro de 2017

De Maria nasceu o Salvador!



O ventre de Maria abrigou o Salvador do mundo! Que eu possa fazer do meu coração morada eterna de Jesus! O Menino nasce para ensinar o verdadeiro amor a toda a humanidade. Este aprendizado é constante na minha vida, é o que me faz compreender o sim de Maria e tê-la como exemplo de esposa, mãe e mulher dedicada a servir a Deus na sua plenitude sempre com muita fé e esperança.
"Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo!" (Lc 1, 28). Alegria que se faz presente no meu caminhar, no meu viver, pois sei que Deus está comigo todo o tempo! O que temerei? As angústias e incertezas que, por vezes brotam no meu coração, são frutos do meu pecado, mas a bondade e misericórdia de Deu não tem fim! NEle tudo posso! "Porque para Deus nada é impossível!" (Lc 1, 37). Eu creio! "Faça-se em mim segundo a tua Palavra!" (Lc 1, 38). Sim, Senhor! Eu quero gerar o Cristo para mim mesma e para o meu próximo! 

Que eu seja o sal que dá sabor, a luz que dissipa as trevas, o amor que se regozija na verdade e somente a verdade hei de buscar que é o próprio Cristo Jesus, Sal da terra e Luz do mundo! A Ele toda honra, glória e louvor para sempre! O coração ardente e amoroso que anseia a chegada do Menino Luz transborda de alegria porque hoje é Natal! "Nasceu para nós o Salvador que é o Cristo Senhor!" (Lc 2, 11). Aleluia!! Dai-me, Senhor um coração manso e humilde como o Vosso, mas acima de tudo um coração capaz de propagar o amor, a paz, a solidariedade e que somente a bondade permaneça, não somente no Natal, mas em todos os dias do ano. Assim seja! Amém!!

Meditação do Evangelho de Lucas 1, 26-38; 2, 1-14.



Abraços fraternos,

Sileni Machado
Vivendo e Aprendendo
Fotos e Prosas


segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Meu Domingo da Alegria









Jo 1,6-8.19-28


Quem és, então?
Foi perguntado a João Batista ...
Ele respondeu categoricamente que não era digno sequer de desamarrar as sandálias do que estava para chegar ...
Senhor ,  perdão por não ser humilde o suficiente como João ...

Sei responder,  com sinceridade, que Jesus é meu Mestre e Deus?

Calo-me diante tal pergunta e silencio-me diante do meu Deus e Senhor...

Aplainando meu caminhar tortuoso, nesta reta final a caminho do Nascimento do Menino Deus...
Sei que  não sou digna de evangelizar ... mas aqui estou , Senhor !
Na alegria antecipada do Menino Jesus que vai nascer em meu  coração... mesmo sendo como eu sou ... vivo já na alegria de ser perdoada e salva...



Senhor, nestes dias que antecedem as festas de final de ano, todos excedemos na comida, na bebida, na dança e no canto...
Vêm os dias não tão bons e já paramos com os festejos na alma...
Não devo julgar ninguém se come, bebe, dança e canta (ou outros) porque eu acabo que invento defeitos, falhas alheias, erros no alvo para os irmãos e não vejo que eu faço o mesmo se duvidar...
O julgamento alheio é meu próprio mal...
Senhor, não deixe que eu fique observando o que fazem meus irmãos e sim, que eu seja comedida nos atos, nas emoções e intenções..
Ajude-me, Pai Amado, a não ser condenadora dos meus semelhantes!


Quem és tu que queres julgar, / com vista que só alcança um palmo, / coisas que estão a mil milhas?
(Dante Alighieri)






sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

O SENHOR HÁ DE VIR, ACORREI-LHE AO ENCONTRO...





Meditação do Evangelho de Mateus  11, 16-19

E eu faço parte dessa geração, Senhor, que não sabe o que quer, que parece não ter objetivos nobres na vida, que parece se conformar com a vida material. Vive correndo atrás da glória do mundo, se satisfaz com máquinas, e com tudo aquilo que possa ser prazeroso aos sentidos. Prostram-se ao ouvirem as vozes do” mercenário”, e pouco ou nada param, para ouvir a voz do bom  pastor. Ousam criticar, ridicularizar, zombar…

Livra-me, ó Deus, de seguir por veredas que não me conduzam a Ti.  Dá-me iluminação para que eu reconheça a Vossa sabedoria, sempre, através das muitas graças que são derramadas no meio de nós. Concede-me, por Vosso amor, uma consciência maior, a cada dia, a fim de que eu saia da superficialidade e adentre à espiritualidade, lá onde o Vosso Reino já acontece.

 E que o espírito de Natal venha sobre toda humanidade, varrer a incredulidade e  trazer a certeza da nossa esperança, de que estás conosco, pois, pra isso vieste, e tornarás a voltar.


Um feliz e abençoado Natal para todos!

domingo, 10 de dezembro de 2017

Preparando o Caminho.

2º Domingo do Advento

                                                               Coroa do Advento
Evangelho de Mc 1, 1-8
Reflexão Pessoal

                                                 Eis que estamos na segunda semana de preparação para irmos ao encontro  do Senhor. Se essa busca é diária , a cada hoje, a cada agora, porquê essa preparação especial direcionada?
                                                Hoje , a figura profética de João, nos responde de forma determinante.
Apontando o caminho , e instruindo a forma de reconhecer Jesus e seguí-lo em todas as circunstâncias.  E para que aconteça de verdade a conversão pela adesão irrestrita se faz premente.
                                                Estou eu realmente convertida ao amor de Deus?
                                                Ele é o Senhor absoluto da minha vida?
                                                Coloco-O em primeiro lugar acima de todos e de tudo?
                                                Faço da confissão uma conversa diária com Deus?
                                                Busco com humildade um confessor como penitência?
                                                Procuro ter um coração manso e humilde como Jesus?
                                                Amo próximo como a mim mesma?

                                                 Senhor ,na tua imensa Bondade e Misericórdia, nada me exiges, a nada me obrigas, tão somente mostra o caminho a seguir  anunciado por João:
                           "Esta é a voz daquele que grita  no deserto: preparai o caminho do Senhor :                                            endireitai suas estradas "( v.3)



                                                                                Eu sou esse deserto Senhor, tomo posse dessa ordem e quero modificar com novas atitudes, compromissos  assumidos na tua obra   sem lamentações, recebendo para tua gloria   as alegrias e tribulações que advirem. 
                             Esse tempo do Advento, é favorável  para que reflita ,abra o coração para que entres e eu possa assumir que de verdade pertenço a Ti.
                             Repensar minha vida em familia, em comunidade,como estou trabalhando os valores e principios que me  norteiam é tudo que venho buscando.
                             
                              Que no Natal esteja preparada para deixar fluir em mim a singeleza do Sim de Maria que humildemente sem as alegorias do mundo recebeu e nos deu o Salvador Jesus!
                               
                               Hoje a graça que peço a Deus é essa! Sem entrega e abandono nada serei.



                                             

domingo, 3 de dezembro de 2017

"Vigiai!" - 1º Domingo do Advento

Evangelho de Marcos 13,33-37 

(Reflexão)


Neste primeiro Domingo de Advento, em que se inicia o novo Ano Litúrgico, sou convidada a vigiar, a orar e a converter-me. Tempo privilegiado de alegria e esperança na expectativa da vinda do Senhor, Deus encarnado, que vem e virá e me convida a que, com firmeza, e em cada dia, caminhe na solidariedade e na partilha.

O Evangelho de Marcos impele-me a vigiar tal como o porteiro da Parábola. Todos os porteiros são os servos submissos do Senhor, que dão testemunhos, proclamam a paz e a justiça, promovem o perdão e a fraternidade, estão alertas e vigilantes com os compromissos do Reino. Assim deve ser a minha postura empenhada na construção do Reino e de um mundo melhor.
Como o posso fazer? Aprofundar a minha fé e estar sempre atenta às necessidades dos outros -  quem vive só, os doentes, os excluídos da sociedade, entre outros, -  que tantas vezes ignoro.
Mas também na família devo ter uma conduta que espelhe o meu amor a Jesus pelas minhas atitudes e exemplo.


Vigiar é, pois, o meu encontro com o Senhor no tempo presente estando desperta para o essencial, na expectativa da sua vinda.

domingo, 26 de novembro de 2017

Quero ser ovelha!



"Os justos irão para a vida eterna." (Mt 25, 46)

As minhas atitudes ao longo de toda a minha jornada nesta vida poderá se resumir a ser ovelha ou ser cabrito, a receber como herança o Reino que Deus me preparou ou ir para o fogo eterno. A escolha é somente minha! Eu tenho em minhas mãos o poder da decisão! O que estou eu fazendo para merecer a recompensa ou o castigo? Jesus alerta-me a ser ovelha, que se desgarra sim, mas quando ouve a voz do pastor, segue-o sem titubear, é mansa, dócil e obediente, enquanto que o cabrito é, por natureza, turrão, rebelde, briguento e não se deixa ser conduzido!
Porém, para a ovelha seguir o seu pastor ela precisa conhecê-lo, amá-lo, ter confiança nele! Trazendo  todo esse ensinamento para a minha vida, chego a conclusão que quero sim ser ovelha, mas não basta apenas querer, é preciso antes de mais nada conhecer o pastor! E o meu Pastor é Jesus Cristo! Quanto mais eu O conheço mais eu O amo, quanto mais eu tenho confiança nEle mais entrego a minha vida a Ele! 
No dia do juízo final, quero entrar para a morada eterna, quero estar à direita e ouvir do Rei "Vinde, benditos de meu Pai!" Por isso, a cada dia, busco cultivar o amor, a paz e a mansidão! Que a vara e o cajado do Bom Pastor possam me guiar para os pastos verdejantes, para as águas tranquilas, me livrando assim de todo o mal!  Amém!

Meditação do Evangelho de Mateus 25, 31-46.


Abraços fraternos,

Sileni Machado