domingo, 24 de setembro de 2017

Deus é justo!



Todos têm o direito da graça de Deus receber.
Dai-me dessa graça, Senhor, eu quero merecer.
Mão importa o tempo que se diga sim!
Seja pela manhã, pela tarde ou pela noite
E até mesmo quando a vida chega ao fim.
Ser a primeira ou a última, não faço questão,
O importante é entender a razão
Pela qual Deus me quer no seu coração.
Deus preza a vida, a pessoa humana,
Enquanto que a sociedade tão mundana
Preza somente o consumo, a produção
Que triste haver essa discriminação!
Perante Deus somos todos iguais,
Filhos e filhas muito amados do Pai!
Pela bondade e misericórdia de Deus,
Que me enviou seu Filho Jesus,
A salvação acontece, se faz Luz!
Luz que me sustenta, me fortalece.
Aos céus elevo a minha prece!
Afasta de mim o espírito da ambição!
No Reino de Deus não há distinção!
Por isso me esforço a todo custo,
Porque Deus é fiel, Deus é justo!

Inspirado no Evangelho de Mateus 20, 1-16a.


Abraços fraternos,

Sileni Machado



sexta-feira, 22 de setembro de 2017

O Amor de Jesus por mim, me transforma todos os dias.

Lc 8,1-3

“Ouvi Senhor as preces do vosso servo e do vosso povo eleito: dai a paz àqueles que esperam em Vós, para que os vossos profetas sejam verdadeiros”. (Eclo 36,18)


“Quão preciosa é, Senhor, vossa graça! Eis que os filhos dos homens se abrigam sob a sombra das asas de Deus”. (Sl 35,18)


Jesus amava a todos da mesma forma, tinha seus discípulos e tinham mulheres que o seguiam, também suas discípulas, elas tinham sido curadas de alguma forma e o seguiam.
Depois de terem sido curadas, não podiam voltar atrás, tinham que servir e seguir Jesus.
E elas os ajudavam, eram mulheres ricas, um delas era mulher de um procurador de Herodes.
As mulheres naquele tempo eram muito humilhadas, ainda hoje o é de alguma forma, eram tidas como meras procriadoras e Jesus era contra qualquer tipo de discriminação e queria a igualdade entre eles, os mesmos direitos e essas mulheres tinham gratidão por Jesus.
Hoje vemos que algumas pessoas que sofreram uma perda ou passaram por uma doença ou provação terrível, se voltam para Jesus e começam a servi-lo de alguma maneira.
Isso tem um nome, é Amor!
Não podemos gastar nossa vida com pequenos amores, mas sim experimentar o Amor de Jesus, que é o Amor mais profundo e verdadeiro.
E eu agradeço a Jesus, por ter experimentado o seu amor e ter me deixado seduzir por este amor, no qual quero viver e um dia morrer.
E quero poder semear esta semente do Amor, pelo menos para aqueles com quem convivo.
Já fico feliz se puder suscitar esta vontade neles de se deixarem seduzir por Jesus!



 Paz e bem!

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Meu Deus Misericordioso - Ponte Florida




Evangelho - Mateus 18,21-35




 "Senhor, quantas vezes devo perdoar a meu irmão, quando ele pecar contra mim? Até sete vezes?"




 "Não te digo até sete vezes, mas até setenta vezes sete.



Poder abraçar o irmão sem rancor é consolador...


 'Dá-me um prazo, e eu te pagarei tudo!'






 Cheio de compaixão, o senhor o deixou ir embora e perdoou-lhe a dívida.




 'Servo mau, eu te perdoei toda a dívida porque me suplicaste.




Não devias também tu compadecer-te de teu companheiro de serviço, como eu tive piedade de ti?'






Assim vos tratará meu Pai celeste, se cada um de vós não perdoar a seu irmão, de todo seu coração.

Quando a alma está feliz o coração baila...
O perdão faz feliz...
O espírito fica leve, livre, solto...
Remoer o passado
Em qualquer relacionamento falar do passado traz de volta lembranças e discussões que levam a mais mágoas e tristezas. Melhor mesmo é pôr uma pedra em assuntos delicados e exercitar o perdão.


O evangelho de hoje é uma lição de vida incrível...
É ponte para a qualidade de vida conveniente a mim...
O perdão é minha ponte florida...



Vou passear pela ponte florida do perdão!


Refletir e falar muito não me convém e sim perdoar...




sexta-feira, 15 de setembro de 2017

EIS AÍ A TUA MÃE...



Salve, Mãe das Dores!

Meditação do Evangelho segundo João, 19, 25-27


Eis aí a tua mãe, disse Jesus, falando ao discípulo João, e entregando-lhe a própria mãe aos seus cuidados. E disse à sua mãe: mulher, eis o teu filho. E Maria cuidou de João, com amor maternal. E João cuidou de Maria, com amor filial.

E àquela, era a hora mais tenebrosa da mãe de Jesus. Quanta dor, angústia e sofrimento transpassaram sua alma! Ali, naquele momento, cumpria-se a profecia de Simeão: uma espada de dor penetrava-lhe o coração. Mas, foi naquela hora, na hora das dores, que Jesus a deu como mãe, a João, que representa toda humanidade.

E Maria foi cuidando com amor de cada um que a ela recorreu, a partir daquela hora, como verdadeiro filho seu. Ali, ela gerou a humanidade nova.

Oh, mãe das dores, somente quem é mãe, e somente quem já chorou e sofreu por um filho, sabe bem o que passastes, pois, não existe, na face da terra, dor maior do que a de uma mãe por um filho.

E me vêm agora à lembrança aqueles momentos terríveis que passei, vendo meu pequeno num leito de hospital, entre a vida e a morte. Já havia feito de tudo que podia fazer, recorrido à quem deveria recorrer, e a situação tornava-se cada vez mais séria.

E naquele instante sublime, em que me sentia só e desemparada, impotente diante da vida, vendo se esvair a vida do meu filhinho, caí por terra, de joelhos, e implorei tua proteção. O que tinha eu a oferecer-te, pecadora que sou? Nada. Estava vazia, sentindo o peso da realidade mais cruenta que jamais havia imaginado. Estava para perder tudo, o de mais sublime que a vida me dera.

E de joelhos eu te pedi, mãe das dores, salva meu filhinho! Chorei convulsivamente, e sentia o corpo tremer, diante da minha fraqueza. Quantos dias sem me alimentar direito, quantos dias encerrada num Hospital, quantos dias a ver o rostinho triste do meu filho.

E tu me envolvestes com o teu manto sagrado. O medo e o desespero deram lugar a uma coragem desconhecida, e a uma certeza de que terminava ali o meu sofrimento. E assim foi.

Mãe das dores, penso que tu mesma me levantastes, e me mostrastes, a cada novo instante, que a cura se realizara, e de fato se realizou, a partir da hora do meu clamor. Sou-lhe grata, Mãe, eternamente. A ti o consagrei, e até hoje tu o abençoas e proteges.

Esta foi a minha maior experiência de fé. Nossa Senhora me ouviu e atendeu prontamente. Creio firmemente que ela cuidou de mim e do meu filho e continua cuidando.

Obrigada, Jesus, por nos ter dado sua Mãe para ser nossa mãe também.

Mãe das dores, rogai hoje por todas as mães aflitas e sofredoras, do mundo inteiro, que sentem seus corações transpassados pela espada da dor, ao verem os sofrimentos dos seus filhos.Rogai por elas e por todos nós!

Por Socorro Melo

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Vivo a graça de cada dia.


Evangelho (Lc 6,6-11)

Pai amado!

Meu coração alegra-se  a cada dia na certeza de que hoje e amanhã, estarás  ouvindo os meus apelos. Por isto a minha gratidão será eterna, Pai! Ao voltar à minha história vejo o quanto a sua misericórdia sustentou-me. E do meu coração que pulsa e agradece pelas Suas obras em minha vida, eu digo amém!Amém! Amém!! Pois se o "Meu pé vacila", tua graça, Senhor, me sustenta. (Sl 94,18)

domingo, 10 de setembro de 2017

Vivendo em Comunidade

Evangelho de Mt 18,15-20
Reflexão pessoal
                                         Google Imagem

                                          Inicio hoje essa reflexão embasada por acontecimentos que marcaram de forma incisiva minha semana...Foram momentos de  profunda consternação  e constrangimento  que puseram em dúvida  tudo o que creio: Que pela oração podemos mudar tudo ao nosso redor.
                                          Ate àquele instante vivido ,  que pareceu secular,  nada abalava essa convicção  trabalhada e conquistada entre quedas e  reerguimentos.
                                          E não veio do nada, vem sendo insidiosamente orquestrado ,pois é assim que age o inimigo ...com inteligência e sagacidade explorando meticulosamente onde agir , usando pessoas , até consagradas, para atingir seus objetivos torpes... ele não sossega quando percebe que o terreno não é fértil às suas investidas.
                                          Senhor! Conheces o meu coração e também minhas fraquezas e uma delas diante de histórias vividas na carne é a politica e todo esse caos pelos quais passamos se atinge a todos ,me agride de forma particular,pois me trazem lembranças de um passado que não quero reviver.Em síntese : não discuto política, isso não significa que sou alienada ou cruzo meus braços.
                                          Entretanto eis o ponto da questaõ me senti agredida quando depois de suportar insinuações pessoais citadas , me disseram que orar pelo país  e pedir perdão pelos culpados era tudo que a ladroagem queria porque Deus tinha mais o que fazer;outro ,consagrado aproveitando a deixa evangélica que " A fé sem obra não tem valor"declina de qualquer manifestação orante  ou movimentos da Igreja que não estejam comprometidos com a erradicação da pobreza.Compreensível e acatada  desde que se compreenda que pobre não é somente quem tem fome de bens materiais e , do estômago, vez que "nem só de pão vive o homem ,mas de toda palavra que sai da boca de Deus".
                                           Foi assim que aprendi,  e ser convencida à força da manipulação que isso não é discipulato mexeu com minhas estruturas. Após embate comigo mesma porque estou ciente que o silêncio e orar por essas criaturas é missão , ajudada pela oração de companheiras na Fé consegui me reerguer mais uma vez.
                                          Se não advertires o ímpio, eu te
pedirei contas da sua morte. ( Ez 33,8)
                                           Nesse versículo  fica patente a minha responsabilidade , não posso deixar passar incólume essa advertência é uma ordem do Senhor!
A conduta do meu irmao seja quem for sendo desagradável a Deus  não deve ser compartilhada pelo meu silêncio  , logo a conduta precisa ser corrigida, disso depende a minha salvação.
                                          
                                       O que fazer ? Questiono-me perante o meu Senhor, e eis que o Evangelho de hoje responde à minha oração pessoal e corrobora a Leitura de Ezequiel 33,8:
                                Se o teu irmão pecar contra ti, vai corrigi-lo, mas em particular, à sós contigo! Se ele te ouvir, tu ganhaste o teu irmão( Mt 18,15)

 se ele não te ouvir, toma contigo mais uma ou duas pessoas, para que toda a questão seja decidida sob a palavra de duas ou três testemunhas(Mt18,16)

                              Esses dois versículos embasam o principio da caridade que rege as relações entre os cristãos , sejam eles quais forem.

                             Sei  o quanto será dificil passar para a prática essa ordem , entretanto quando coloco meu fardo nos pés do Senhor e reconheço minhas fraquezas e me disponho a aceitar sem questionamentos que , para tudo que acontece há um propósito divino,  torna-se mais fácil caminhar para a glória do Senhor, porque nada sou  é Ele que age em  mim.

                            Uma certeza aumenta no meu coração  preciso perdoar para ser perdoada  e vice versa  isso passa pela humildade que  estabelece a reciprocidade , sei que não sou perfeita , que idéias não se impõe a ninguém , que a verdade  sempre tem dois lados que devem ser respeitados  e que o diálogo é fundamental para que vivamos a pedagogia  do perdão.
                         Ensina-me Senhor como agir diante das ameaças dos espiritos malignos  que andam pelo mundo para afligir s almas.



                                 EU CREIO MAS AUMENTAI A MINHA FÉ!                                           



escrito por maria claudete

www,claudete-viaspercorridas.blogspot.com.br

 




domingo, 3 de setembro de 2017

Seguir Jesus

Reflexão à luz do Evangelho de Mateus 16, 21-27

Disse Jesus:
«Se alguém quiser seguir-Me, renuncie a si mesmo,
tome a sua cruz e siga-Me».



Senhor para te seguir preciso modificar a minha vida de modo a que a minha entrega ao teu projeto seja total.
Para que tal aconteça necessito renunciar de forma radical ao meu egoísmo, à minha autossuficiência, que me afastam tantas vezes de ti, do teu ideal.
Não posso viver focada apenas nos meus projetos pessoais de sucesso, de bem-estar, riqueza e triunfo.
A minha vida deve ser de total dádiva de bondade a Deus e ao meu semelhante.
Só assim poderei ser tua discípula e integrar a comunidade do Reino.
Por isso te peço, Senhor, ajuda-me a tomar a minha cruz e a seguir-Te com radicalidade ao teu Amor e na disponibilidade  e ajuda  aos irmãos, pois só assim serei digna de alcançar a vida eterna.



Oração

Senhor Jesus,
eu quero seguir-te. 
Tu ias pelos caminhos e encontravas as crianças; 
encaminha-me para as crianças que precisam da minha ajuda. 
Tu ias pelas ruas e curavas os doentes; 
conduz-me ao encontro dos feridos da vida 
que esperam uma presença. 
Tu ias pelas estradas 
anunciando a Boa Nova e partilhando o pão; 
guia-me ao encontro dos que têm fome de ti e da tua palavra. 
Tu ias visitar os amigos 
e a tua simples presença interpelava-os a favor dos pobres; 
conduz-me até à casa das pessoas que têm o coração aberto à compaixão. 
Tu ias repousar em lugares isolados; 
mostra-me o caminho do silêncio que dá paz e abre à sabedoria. 
Tu ias rezar à sinagoga e ao Templo; 
leva-me para lugares onde, com outros, 
possa entrar numa relação com o Pai. 
Tu percorreste o caminho do Calvário carregando a cruz; 
ajuda-me a atravessar o sofrimento e a dar-lhe sentido. 
Senhor Jesus, eu quero seguir-te; 
coloco a minha mão na tua mão, 
os meus passos nos teus passos, 
o meu coração no teu coração. 
Amén. 

Denise Lamarche

domingo, 27 de agosto de 2017

Quem é Jesus para mim?



Quem é Jesus para mim? A minha resposta está nas minhas atitudes, nas minhas ações e não somente em palavras que são levadas pelo vento. A minha resposta vai muito além do achismo, está firmada e centrada numa fé que alimento a cada dia através da Palavra e da Eucaristia. Reconhecer Jesus como "o Filho do Deus vivo" vai muito além da capacidade da simples compreensão humana! Trata-se da revelação do Espírito Santo a um coração aberto a acolher a verdade da fé e da vida! Jesus é a Vida, Jesus é a Verdade, Jesus é o Caminho! O que mais me falta compreender? 

"Tu és Pedro e sobre esta pedra construirei a minha Igreja e o poder do inferno nunca poderá vencê-la." (Mt 16, 18). A Igreja está em mim, eu sou Igreja e o poder do inferno nunca poderá me vencer! O Espírito Santo que em mim habita me fortalece e me revela as verdades que o inimigo tenta me ocultar para me afastar do meu caminho que é Jesus! Se caio, me levanto porque em Deus confio! Quem é Jesus para mim? É o Filho do Deus vivo! Que eu possa testemunhar essa verdade para a construção do Reino de Deus aqui e agora. Assim seja!

Meditação do Evangelho de Mateus 16, 13-20.



Abraços fraternos,

Sileni Machado


sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Amar como Jesus amou



“Dai a paz, Senhor, àqueles que em vós esperam, escutai a oração de vossos servos e guiai-nos no caminho da justiça”. (Eclo 36,18-19)


Mt 22,34-40

Se eu não amar o meu próximo eu não amo a Deus, pois este amor está ligado um ao outro, um não existe sem o outro.
Eu testemunho meu amor a Deus, amando o meu irmão.
Sei que as vezes é difícil amar determinada pessoa, mas não posso cultivar o rancor em meu coração e rezar para que esta indiferença se transforme em amor.
Sei que não é fácil, mas é bom fazer disso um hábito e chegarei no momento que a indiferença não existirá mais.
O que dá sentido á vida é o amor e é isso que Jesus me ensina no Evangelho de hoje.
Amar é imprescindível para se ter uma vida saudável e feliz, mas se eu não me amar, como poderei amar o próximo?
E eu não posso ter dois pesos e duas medidas, não adianta eu bater no peito dentro da igreja, para parecer bem na foto e aqui fora, desprezar o outro, por causa das diferenças entre nós.
Que amor é este?
Amor de fachada, de fotografia, onde todos saem sorrindo e depois um ignora o outro.


Tenho que amar a Deus e ao próximo como a mim mesmo.
Santo Agostinho disse em uma pregação: “todos os preceitos do amor são de tal natureza, que se o homem crê ter feito algo bom, mas sem caridade, ele totalmente se equivoca”.
O Amor tem que ser caridoso,compassivo.


“Bem aventurados os que constroem a paz, por que serão chamados filhos de Deus” (Mt 5,9)
                      Paz e bem!   Maria Teresa