domingo, 14 de julho de 2013

Meu Lado Samaritano de ser



Reconheço que o meu próximo é aquele que está perto de mim e necessita da minha ajuda...
Aproximá-lo da fé é a minha caridade primeira.
Diante das necessidades do meu próximo, as minhas ficam em segundo plano...

Quem é o meu próximo, afinal?
- Clã familiar,
- Amigos,
- Povo de Deus?

Percebo, imediatamente, a "desgraça" do outro e movo-me de compaixão?
Ou sou cega para o que possa trazer aborrecimento para mim?
Emprego os meios necessários para prestar ajuda concreta e prática ao meu semelhante mais próximo?
Me aproximo do outro em sua necessidade e infortúnio?
Ou observo de longe  como se não me dissesse respeito algum?
Dou atenção devida, cuido dele?

Caridade o que é, então?
- Coisas simples, pequenas de vida corrente
- Pequenos serviços
- Palavras animadoras e bem-humoradas
- Dar uma informação amável
- Escutar, sem pressa, o amigo

Minhas urgências e caprichos cedem vez aos dos semelhantes?
Sou próxima, inteligente, criativa, compassiva, com os que precisam de mim?

Experimento rezar sobre o que é amar a Deus que não vejo: é quando amo os irmãos que vejo...
Muitas vezes, sou só legista,  jurista,  não mais...

Eu hoje pergunto a Jesus: Quem é o meu próximo?
Como posso tornar-me mais próxima dele?
Reconheço que, se torno o mundo melhor, sou próxima... deixo de lado a minha mania de técnica de salvação tão somente...
Sou pertença a essa humanidade ferida, abandonada, semimorta, à beira da estrada...
Jesus vem hoje para me salvar do chão...

Sempre tenho perto de mim um próximo torturado, desprezado, condenado, traído, abandonado... é só eu querer ver bem...

Como posso, Senhor, intervir a favor dele?
Dou o peixe?
Ensino a pescar?
Mostra-me sempre, Senhor, como posso amar, concretamente, o meu próximo mais próximo, por caridade...

Recorro à Virgem Santíssima:

Não existe coração mais humano do que a de uma criatura que transborda de sentido sobre natural. 
Penso em Santa Maria, a cheia de Graça, Filha de Deus Pai, Mãe de Deus Filho, Esposa e Deus Espírito; No seu coração cabe a humanidade inteira sem diferenças sem discriminações.
Cada um é seu filho e filha...

http://www.idade-espiritual.com.br/