domingo, 20 de outubro de 2013

O Zaqueu que Habita em mim



EVANGELHO – Lc 19,1-10

Em minha vida, assim como Jesus, atravessei várias cidades... vi várias pessoas... de todos os tipos...
Mas só tive essa visão depois que me vi olhada pelo Mestre Amado...
Hoje em dia, me vejo olhando as pessoas, com muita atenção... 
E foi por isso, por me ver com carinho, que o meu Bom Deus me teve complacência e perdoou o Zaqueu que habitou em mim de uma  forma mais aberta e, vez por outra, de uma forma camuflada...
Sou baixa de estatura e também no sentido mais conotativo da palavra em certas ocasiões... preciso-me regenerar por completo e sei que, só pela graça divina, poderei contemplar o meu Amado.

Estabeleço sempre um paralelo, quando leio e oro este Evangelho de hoje, com o da Visitação pois Isabel também se sentiu honrada com a visita de Maria Santíssima... reconheceu-se pecadora diante da Mãe...

Zaqueu era 'maroto'... eu me pergunto:
-E eu, não o sou também diante de Deus, tentando enrolá-Lo?
Me sinto muito mais lenta do que Zaqueu... ele desceu rápido da árvore... sentia-se inferior... quis crescer diante de Deus... subiu para ver e crer...
Eu fico molengando para redimir-me e ser do  jeito que Lhe agrade...
Jesus sempre procura-me não só quando estou perdida... em todos os momentos quer fazer-me sentir a sua Presença materna/paterna... como fez com Zaqueu...
Ele não faz acepção de pessoas... não faz comigo nem com todos que o implorem... que orem, mesmo com pouca fé no coração...
A salvação foi concedida a Zaqueu e a mim por compaixão divina... há vinte anos atrás de uma forma inusitada... levando-me a um Mosteiro Beneditino para um Retiro Espiritual...

Hoje, resta-me pedir ao Senhor Jesus:

-Mestre Amigo, me faz ter, ao menos, o desejo de querer crescer na sua Graça?!

-Liberte-me do que roubo de mim, dos demais e do Senhor?!

-Tenha compaixão, uma vez mais de mim, meu Senhor e meu Deus?!

-Seja em qual árvore em que eu esteja agarrando-me para ludibriar as pessoas e chegar até o Senhor... me dê a condição necessária para descer dela, com humildade, e ficar 'olho a olho' com o Senhor?!
(Apesar de muitos olharem-me com desprezo, ironia, me achando incompetente, interesseira em servi-Lo e tirarem conclusões precipitadas a meu respeito)...

-Sei que sou insensata e insignificante... mas, perdoe-me?

O Senhor sabe todos os desejos do meu coração... se não me olhar com amor, estarei à mercê dos meus próprios caprichos e 'roubos' à minha integração como  pessoa...

Compadeça de mim uma vez mais, no dia de hoje, sou um Zaqueu a mais na esperança da sua Salvação derradeira!



Ao receber Jesus na Eucaristia, no dia de hoje, me sinta banqueteada por Ele estar à mesa comigo!

http://www.idade-espiritual.com.br/