quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Deus de Misericórdia

Evangelho de São Mateus 15,29-37


O Evangelho de hoje leva-me a reflectir na Misericórdia de Deus para com o Seu povo.
 Deus não faz acepção de pessoas! 
Ontem como hoje Ele me chama  e tem compaixão de mim!
Jesus atraía multidões que confiavam no Seu Amor incondicional curando-os, porque tinham fé!
Todos ficavam maravilhados com as Suas curas e louvavam a Deus.
Na multiplicação dos peixes e do pão, Jesus partiu-os e pediu aos Seus Discípulos que os repartissem pela multidão e todos ficaram saciados, como que numa antecipação da Última Ceia.
Hoje como ontem Ele me convida para a Sua mesa, porque quer fazer festa comigo.
Ele é o verdadeiro Pão da Vida, o verdadeiro alimento para o meu espírito e que por meu Amor se deixou imolar.
 Só Ele me pode saciar enchendo o meu coração de alegria e felicidade.
Que pela Sua Palavra e comungando do Seu Corpo e Sangue sinta a Sua presença em mim   anunciando-O e levando-O a quem ainda não O conhece ou a quem está sedento do Seu Amor e se encontra só e abandonado, doente, nas prisões e em tantas outras situações onde falta o amor.
  

Que neste Advento o Senhor que veio, vem e virá me ilumine  para melhor preparar o meu coração para receber o Deus Menino,  Deus do Amor e do Perdão.


Santo Advento e o meu abraço na Paz de Cristo.

http://rotasdiferentes.blogspot.com.br/