sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

"Eis O Cordeiro de Deus"

1ª Sexta Feira Do mês
João 1, 29-34
                                          


                        Senhor na passagem de mais um ano revejo minha trajetória... Avalio meu comportamento, algumas coisas me deram alegria, outras me entristeceram...
                        A leitura do Evangelho de hoje, fez-me compreender que nesta vida não interessa questionar o “por quê”, mais importante é entender “para quê” os acontecimentos ocorrem.                              Como João, sou chamada por Deus a ser testemunha da luz.



  Nas alegrias, louvar ao Senhor; nas tristezas agradecer pela oportunidade que tenho de repensar o quanto contribuo para tal.
                      Como João, sou chamada a reconhecer o Salvador e a Ele aderir totalmente.
Tantas foram às vezes Senhor que não te reconheci, que te neguei como o fez Pedro...
                      Não te enxerguei na lamentação do meu irmão, te neguei quando me esquivei de na pressa de resolver os meus problemas, não ser apoio da primeira hora.
                      Quero dar testemunho da misericórdia de Deus, através dos meus gestos concretos de amor despretencioso, não importa a minha dor foi  ela que me fez crescer;
                       Não importa o dia em que não pude falar, o silêncio orante foi a  ferramenta que me pôs em contato com Deus.
                        É através de Jesus que conheço o Pai, assim a alegria é completa.

                                 “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do Mundo”!

Verdade absoluta e incontestável imolou-se o Filho para me redimir da culpa primeira e me permitir uma nova caminhada no projeto salvífico de Deus.
                                  João, o que veio para dar testemunho da Luz, reconhece Jesus , batiza-o na água,  mas Jesus me batiza no Espírito Santo!


                                   Como me sinto confortada mais ainda ao assumir esta Verdade: Sou filha de Deus, sou batizada no Espírito Santo!
                                    Tomo posse do teu Senhorio, meu Deus, na minha vida, sabe que a caminhada é árdua, mas inspirada pela tua revelação não me faltarão Firmeza e Coragem para  tocar o barco neste mar imenso onde navego.



                                     Nas tribulações quero sempre te buscar, nas alegrias quero sempre de louvar e agradecer. Jesus, Filho de Deus, permita-me te conhecer cada dia mais!