quarta-feira, 7 de maio de 2014

"Eu sou o pão a vida"


Meu Senhor e meu Deus ao meditar no teu Evangelho (João 6, 35-40) sinto que me chamas de novo ao Teu encontro, porque sabes das minhas fragilidades, das minhas indecisões, do vazio que se apoderou de mim e da aridez que tomou conta do meu coração!
Mas, Senhor, Vós sabeis que vos amo e como estou sedenta do Vosso Amor, como necessito tanto de estar sempre em comunhão Convosco, pela oração, meditando a Sua Palavra!
Senhor, eu não quero ser uma ovelha perdida do Seu rebanho!
Eu quero partilhar da Sua mesa comungando do Seu corpo e sangue que derramou por meu amor!
Eu quero seguir-Lo, Senhor, porque só Vós podeis saciar este vazio que tantas vezes me envolve, só Vós me podereis devolver a alegria de poder continuar a viver no caminho que pela Sua Morte e Ressurreição tão misericordiosamente preparou para mim que acredito em Vós!


 Senhor, eu creio Vós, mas aumentai a minha fé.
Eu espero em Vós, Senhor, mas aumentai a minha esperança.
Eu amo-Vos, Senhor, mas aumentai o meu amor.
Abraço fraterno em Cristo.

http://rotasdiferentes.blogspot.com.br/