quarta-feira, 29 de outubro de 2014

A minha salvação depende de mim!


Jesus_Salvação

Jesus, Mestre e Senhor, que eu seja incansável na missão de evangelizar. Sei que no decorrer do meu caminho sou atraída, muitas e muitas vezes, pelas facilidades e ofertas tentadoras do mundo, mas não me deixe cair em tentação! Que eu possa escolher o caminho da porta estreita, que sei, não é o mais fácil, mas é o caminho da verdade que me conduzirá ao Reino de Deus.

Se estivesse caminhando com o Senhor agora, sentiria receio, por causa dos meus pecados, de estar ao lado dos que não serão salvos e, por certo, Lhe faria a mesma pergunta: “Senhor, é verdade que são poucos os que se salvam?” (Lc 13, 23). O Senhor foi incisivo na resposta: “Fazei todo esforço possível para entrar pela porta estreita. Porque eu vos digo que muitos tentarão entrar e não conseguirão” (Lc 13, 24). Eu entendi, Senhor, que a minha salvação depende de mim, das minhas ações, das minhas atitudes… Deus não me reconhecerá pela minha aparência, mas pelas minhas atitudes!

Não é porque faço parte de pastoral, movimento ou serviços dentro da igreja que estarei entre os primeiros a ocupar um lugar à mesa no Reino de Deus. O que estou eu fazendo para os “pequeninos” de Jesus?

Perdão Senhor, por todas as vezes que agi mal aos vossos olhos, se escolho o caminho errado, a responsabilidade é totalmente minha, por isso, rogo veementemente ao Senhor que me conduza pelos caminhos retos, suscitando em mim a prática do amor, da solidariedade, da fraternidade e da justiça. Assim seja!

Meditação do Evangelho de Lucas 13, 22-30.


Abraços fraternos,