quarta-feira, 5 de novembro de 2014

À descoberta do Amor

Reflexão à Luz do Evangelho de São Lucas  14,25-33

 Ao meditar no Evangelho de hoje penso em como Jesus é misericordioso vindo de novo ao meu encontro, no momento exacto, mostrar-me e ensinar-me pela Sua Palavra, o quanto ainda sou uma discípula imperfeita e quão afastada estou do seu Ideal! Na verdade coloco ainda tantas vezes em primeiro lugar outras prioridades em detrimento de continuar seguindo a missão que Ele concebeu para mim! Tantas vezes me sinto como Marta ansiosa e preocupada com tantas coisas banais, quando apenas uma é necessária! Amar o Senhor de forma radical e com total desapego, disponibilizando-me para O seguir, servindo-O a cada momento na dedicação e carinho que possa dispensar a cada outro meu irmão! E a missão pode e deve iniciar-se no meu próprio lar,  com os membros da minha famíliaE arrojar e seguir adiante onde tantos me aguardam na solidão, na doença, abandonados pelas suas famílias!
Por isso rogo-Te, Senhor, que me concedas a coragem e a ousadia necessárias para não hesitar em sair da minha zona de conforto e impregnada do Teu Santo Espírito possa corresponder ao teu convite de continuar aqui na Terra a construção do teu reino de Amor! 
À descoberta do amor


Ensaia um sorriso
e oferece-o a quem não teve nenhum.
Agarra um raio de sol
e desprende-o onde houver noite.
Descobre uma nascente
e nela limpa quem vive na lama.
Toma uma lágrima
e pousa-a em quem nunca chorou.
Ganha coragem
e dá-a a quem não sabe lutar.
Inventa a vida
e conta-a a quem nada compreende.
Enche-te de esperança
e vive à sua luz.
Enriquece-te de bondade
e oferece-a a quem não sabe dar.
Vive com amor
e fá-lo conhecer ao Mundo.

Mahatma Gandhi