sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Dinamismo do Reino de Deus


Evangelho: Marcos 4, 26-34


São duas Parábolas que exemplificam o Reino de Deus e que, sempre haverá algo à dizer e a compreender dele.




"O homem lança a semente e dorme e a semente cresce, sem que ele saiba como."


O Reino de Deus exige de mim uma dupla atitude: Empenho e Espera.

Empenho de semear, de tornar presente no mundo a realidade do mistério do Reino de Deus presente e revelado em Jesus Cristo.

Espera paciente e perseverante, pois a semente plantada na terra possui o dinamismo do seu próprio crescimento, o que acontece no curso do tempo, em meio as vicissitudes da história humana.


*




"Com que ainda poderemos comparar o Reino de Deus?"


O Reino de Deus não nasce já grande e vistoso. A Parábola do Grão de Mostarda ilustra esse contraste e o que ela se torna, a maior de todas as hortaliças. Para mim, a Parábola é um convite à confiança e a esperança, e a entrar no dinamismo próprio do Reino de Deus.

Tudo que é grande nasce de pequenas realidades, assim como a minha fé. Como uma pequena semente contém em si toda a árvore com seus frutos, do mesmo modo minha fé contém toda a vida, toda a graça, toda a força de atuação plena do Evangelho. Cuidar bem para que a semente se desenvolva é condição para que ela possa atingir sua maturidade, dando frutos. Isso também deve acontecer com a minha vida. Não devo perder tempo, mas devo cultivar a semente da fé que Deus plantou em mim. Agindo assim, me surpreenderei com os abundantes frutos.

*

Salva-me, Senhor, em você espero. (Sl 36)


Amém!