quarta-feira, 4 de março de 2015

“Eu não vim para ser servido, mas para servir”

Reflexão à Luz do Evangelho de São Mateus 20, 17-28 


Neste tempo quaresmal em que o Senhor me convida a mergulhar no deserto de mim, para melhor ouvir a sua voz que fala ao meu coração, ao ler e meditar no Evangelho de hoje, Ele fala-me da sua Paixão e pede-me suavemente para O Seguir.
Ele não veio ao mundo para receber honrarias, mas para libertar o seu povo da escravidão do pecado e das trevas!
E tantas vezes me sinto ainda num alto pedestal não vendo quanto sofrimento, quanto desamor, quanta falta de caridade existe em meu redor.
Ele veio para servir, não para ser servido e disso deu testemunho.
O Senhor convida-me a rever toda a minha conduta que tantas vezes me impede de ser Sua serva fiel e humilde, reconhecendo-O em cada outro.
E tal como o Senhor deu a vida por mim, assim eu devo assumir uma atitude radical no amor e prática do Seu Evangelho, no serviço e dedicação ao próximo!


Prece
Senhor ajuda-me a amar-Te
  em cada outro meu irmão,
ajuda-me a caminhar
 sem desânimos segurando
a Tua Cruz que liberta e salva.
 Senhor perdoa as minhas faltas,
por todas as vezes em que te fui infiel,
 por todas as vezes em que não Te reconheci
e Te fechei o meu coração.
 Ajuda-me, Senhor, a percorrer o trajecto
 que leva à Pascoa da Tua Ressurreição.
Ámen!



Continuação de Santa Quaresma.