terça-feira, 17 de março de 2015

Senhor, eu Creio em Ti!


Iluminai-me, Senhor!

Evangelho - Jo 3,14-21

Senhor, que queres de mim?
Qual é a tua Vontade para mim?

A Tua Cruz me 'oprime', eu não a acolho com alegria...
Mesmo sabendo do Teu Grandioso Amor por mim e pela humanidade inteira, não compreendo o mistério do sofrimento...
Para dizer-Te a verdade, eu sei que Mistério não preciso compreender...
Sei, igualmente, que os que o Senhor ama faz participantes do Mistério da Redenção...
Sei também que é uma passagem das trevas minhas para a Tua Luz Bendita que estou vivendo nesta Quaresma...
É pesaroso... é lento o processo interior... pesado...
O mais importante é que tomei ciência que não há outro Caminho senão o Teu e é o da Cruz...
Preciso passar por ela contigo...
Vinde em meu auxílio, Senhor!
Estou abatida...
Minha posição é sempre a mesma: não posso apartar-me de Ti... nem quero isso...
Sou desafiada todo santo dia...
Como refleti nesta semana:  minha solidão é povoada Contigo e com toda corte celestial...
Sei que a Consolação virá!
Oro, espero e confio...
Não me desespero...
EU CREIO!
Agradeço desde já, meu Senhor e meu Deus...


DA PAIXÃO AO AMOR
(I)
Tenho conhecimento do mistério da Paixão
Desde o início ela fez-me sofrer
E sofri muito
Quase que a vida toda
Senti na pele tal dor
Sei o significado de tamanha cruz
Já o Amor...
É comunicação em silêncio.
Não preciso gritar...
De coração a coração Ele manifesta-se...
Sinto poder tudo
Quero-Te em meus braços
Envolvo-Te
Quero aconchegar-Te
Ficar pertinho
Muito pertinho
Vou e Tu vens sem demora...
Tornas-Te meu único bem!
Faz-se comunhão espiritual o Amor.
Oro,
Rezo,
Ajoelhada sobre o genuflexório...

http://www.idade-espiritual.com.br/