domingo, 16 de agosto de 2015

Maria, Mãe e Mestra!



Maria, a Mãe do meu Senhor, exemplo de fé, força, paciência e obediência! Mesmo sem saber direito os desígnios de Deus em sua vida, humildemente disse o seu SIM, o sim que colocaria e colocou em prática o plano de salvação de Deus para a humanidade.

Logo dito o seu sim, Maria se pôs a caminho, se pôs a serviço nos cuidados com sua prima Isabel. Maria, na sua simplicidade e humildade, soube realizar a vontade de Deus e mesmo diante de toda a tribulação, da espada que transpassou o seu coração, exaltou e glorificou a Deus no cântico do Magnificat.

Maria, exemplo de mulher para mim, ela que a cada dia me traz o Cristo, que eu me deixe ser visitada por Deus e muito mais que isso, que assim como Isabel, que eu posa reconhecer o Cristo e acolhê-Lo com alegria e assim me encher do Espírito Santo.

Maria, modelo de de solidariedade, de serviço! O caminhar de Maria até a casa de sua prima Isabel me ensina que eu não devo me acomodar e nem desanimar na missão, que eu não devo me fechar em mim mesma, mas abir-me para uma longa caminhada a serviço dos mais necessitados, que eu saia da minha zona de conforto e vá além!

Que a exemplo de Maria, eu possa silenciar o meu coração para ouvir Deus e dizer SIM, eis-me aqui Senhor! Faça-se em mim segundo a Vossa vontade! Assim seja!

Meditação do Evangelho de Lucas 1, 39-56.


Celebramos hoje a Vocação à Vida Religiosa




Abraços fraternos,

Sileni Machado