quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Minha Religião é Humanizadora?


Mc 7,1-8.14-15.21-23



“De nada adianta o culto que me prestam, pois as doutrinas que ensinam são preceitos humanos”


Quantas vezes prendo-me em ritos vãos, absolutistas... ao utilitarismo...


Põe-me na sua Liberdade surpreendente, meu Mestre!
Libertai-me do farisaísmo, por piedade!
Que eu não julgue ninguém!
O culto que agrada-Lhe é o que vem do coração, Senhor...
Que eu não me afaste da sua Palavra!
Destrave-me, Senhor Jesus!
Que eu encontre-O no coração e na vida e não só em ritos, crenças, normas!
Que eu seja posta a serviço da vida!
Sem fanatismo, legalismo, falso moralismo...
Põe-me no respeito, amor, compaixão e serviço ao próximo sempre!
Reconheço que não está só no Templo, na Religião, nos Dogmas, nas normas, nos ritos, na lei, na Teologia...
Que minha experiência com Deus dê-se em momentos de celebração e de vida!




“Quem sou eu para julgá-los?”