quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Ele não tardará!




"Vós também ficai preparados!
      Porque o Filho do Homem vai chegar na hora em que menos esperardes."
                                                         Lc 12,39-48


E me pego pensando em quantos de nós estará realmente preparado para a volta do Senhor...
Quantas vezes vivo esta vida como se o que há aqui na Terra não fosse passar, e me preocupo demasiadamente com os bens materiais, faço questão por coisas tão pequenas, perco tempo com melindres do dia a dia.
No mundo atual, a busca desenfreada por poder, por dinheiro, por prazeres, como se tudo fosse aqui, apenas.
E de repente, tudo passa.
As doenças me assola. Perco entes queridos. Vejo diante de si a própria fraqueza do ser e do poder. E vejo, talvez bem tarde, que nada sou e que nada tenho.
E então, no Evangelho, o Senhor vem nos falar da fidelidade. Do cuidado para com os bens que Ele me confiou. E me pergunto: O que tenho feito de tudo que Ele me confiou? Como tenho cuidado de mim, primeiramente? Do meu corpo, da minha saúde, f´sica e espiritual? O que tenho feito dos que Ele colocou aos meus cuidados? Meus pais, meus irmãos, meu filho? Como tenho cuidado do meu emprego? Do meu saber? Do meu viver?
Será que tenho sido atenta e vigilante no que o meu Senhor quer que eu seja?
       
                   "Dai-me Senhor, a graça da fidelidade.
                         A sabedoria de entender o Teu querer em minha vida. O discernimento necessário para levar aos que me cercam os Teus ensinamentos. De bem utilizar os dons que colocas a meu dispor.
                    Não permita Senhor, assemelhar-me ao empregado descuidado e acomodado, que se aproveita da ausência do patrão para maltratar seus servos, a usar de maneira desordenada o poder, a de maneira corrupta, utilizar o que não lhe pertence. A beber, comer e embriagar-se nas riquezas e prazeres que um dia passarão.
                    Dai-me Senhor, a graça de ser vigilante! Uma serva fiel no pouco e no muito. Na presença e na ausência. Na serva que deseja agradar seu Senhor e é cuidadosa com seus bens.
                    Dai-me, Ó Pai, a graça de cuidar de todos a minha volta e estender a estes o amor que Me dedicas. Leva-me à Santidade! Faz-me a cada dia ser menos de mim, para ser mais de Ti.
                    Amém!"


"...Mas o Senhor virá
ele não tardará
que eu seja santo, santo, santo
pois Deus é santo, santo, santo
que a santidade da minha vida
apresse o senhor
e ele logo virá..."  Monsenhor Jonas