sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Jesus é o novo Moisés.



Evangelho de São Lucas, 11,15-26

  Jesus é o novo Moisés que combate o mal e liberta cada um de nós.
  Não posso permitir que o demônio se faça morada em mim e para que isso não aconteça devo amar como Jesus amou e executar suas obras como Ele ensinou, pegar minha cruz e segui-lo.
  Tenho que me unir ao meu irmão, por que a divisão atrai o mal, está escrito: “todo reino dividido contra si mesmo será destruído”.
  Se uma Pastoral propõe fazer uma obra e alguns discordam de como fazê-la, ela irá ruir, desmoronar e isso vale para todos os setores da vida, familiar, social, político, espiritual.
  Se estiver em paz comigo, com Deus, estarei em paz na comunidade em que participo.
  Preciso estar bem atenta as minhas ações para ver de fato a quem estou servindo, as vezes posso pensar que estou não caminho certo e na verdade estou indo ladeira abaixo.
  Procuro sempre fazer o bem ao próximo, para ser digna do amor de Deus.
  Deixo aqui uma pergunta que sempre faço a mim mesma.
    Em nome de quem (eu), você tentamos fazer as coisas?

              Um abraço fraterno, Maria Teresa

"Senhor, tudo está em vosso poder e ninguém pode resistir a vossa vontade. Vós fizestes todas as coisas: o céu, a terra e tudo o que eles contém; sois o Deus do universo". (Est 1,9.10.11)