quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

"Ide contar a João o que vistes e ouvistes..."




"Ide contar a João o que vistes e ouvistes: os cegos recuperam a vista, os paralíticos andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos ressuscitam, e a boa nova é anunciada aos pobres..."  Lc 7,19-23


Senhor, és tu aquele que há de vir, ou devo esperar outro?
"A quem irei, se só tu tens palavras de vida eterna?"
Se tu és o Caminho, a Verdade e a Vida...e se o Pai tanto me amou, que deu a ti para que eu tivesse vida eterna...és tu?
Sim Senhor, és tu.
Somente a ti, Senhor, quero seguir.
Quero ir aonde fores.
Tua graça me basta, teu amor me sustenta.
E quem pode conhecer a ti e calar?
Tua presença enebria e faz -me provar o vinho novo do amor verdadeiro.
O que mais poderei desejar, se contigo não for?
Nada tem valor, nada tem importância, nada tem cor.
E como poderei ser feliz sozinha? E guardar pra si essa Água que brota da fonte da Vida?
Todos devem saber e conhecer a grandeza de ter a ti.
E assim espalhar...levar ao mundo as boas novas que me ensinaste.
Quem a ti encontra e silencia?
Quem a ti encontra e não quer gritar para o mundo todo ouvir?
Tua verdade transborda naquele que na tua presença se encontra.
A boca fala daquilo que o coração está cheio.
E ele, o coração, está cheio de amor por ti, meu Senhor.
Senhor, dai-me a graça de levar a boa nova a Sião, 
Levanta minha voz para que eu não me canse de anunciar:
Eis que vem o Senhor com seu poderio!
Vinde Senhor,
venha a nós o vosso reino.
Faça-se tua vontade, assim na terra como assim já é feita nos céus...
E um mundo novo, com homens novos hão de surgir.
E cantarão uma nova canção.
E a mim ordenas e prometes:

"Ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado: e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos."

Eu irei, Senhor!
Contigo eu irei, aonde queres que eu vá...eu irei!