sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

"Vai primeiro reconciliar-te com teu irmão"


Evangelho: Mateus 5, 20 - 26

"Deixa a tua oferenda diante do altar e vai primeiro reconciliar-te com teu irmão".


A justiça na perspectiva religiosa dos escribas e fariseus, era estar quites com Deus. Isto se alcançava pelas observâncias religiosas da Lei, e assim se tornava um "justo". Os chefes religiosos que se julgavam perfeitos observantes consideravam-se justos e desprezavam a maioria do povo que não tinha condições de cumprir estas observâncias, qualificando-os como pecadores.

Não é suficiente a justiça dos fariseus. Não basta evitar os homicídios, as mortes, as guerras. Jesus quer ir à raiz do mal, que se situa no mais profundo do meu ser, e quer que me converta ao nível dessa estrutura.

Hoje sei que não posso honrar a Deus se não estou bem com meu irmão; o verdadeiro culto de Deus é dar o primeiro passo na reconciliação com meu irmão, mesmo que seja eu a ofendida. O amor verdadeiro não deve me fazer contentar com palavras, mas concretizar este amor em gestos. Assim estou perto de Deus, na medida em que estou próximo do outro.
O Evangelho sempre me conduz a um amor maior, a sair de mim, a não ceder frente ao meu próprio fracasso, mas a acreditar que a unidade é possível, que o amor é a única resposta que devo dar, pois o amor não tem limites. Por isso, devo fazer justiça a meu irmão, combatendo o mal, a ira e as palavras pouco fraternais. Porque o amor, solícito de reconciliação, torna fecundo e grato a Deus o meu sacrifício. Não posso comparecer perante o Juiz Divino, sem haver perdoado, pois serei "condenada a pagar até o último centavo".

Jesus, como é difícil compreender e praticar os teus ensinamentos. Na minha frente contemplo a tua cruz e me recordo das palavras do Bom Ladrão, como um pedido de reconciliação: "Jesus, lembra-te de mim quando entrares no teu reino!" E a tua resposta, confirmando o teu perdão: "Eu te asseguro: hoje mesmo estarás comigo no Paraíso!" Diante de tanto sofrimento, foi por amor, meu Jesus, que ofereceste teu perdão misericordioso, não só ao Ladrão Arrependido apesar dos seus pecados, mas a nós todos. Embora para ser perdoado é necessário que peçamos o perdão, como fez o Ladrão. E, foi para me mostrar com teu exemplo na Cruz do Sofrimento Redentor, a lição do perdão ao meu irmão!


Meu Jesus, espera um pouco, pois preciso sair agora! Preciso, primeiro ir pedir perdão à meu irmão! À meu irmão que falei com palavras ásperas, que não o considerei, que o critiquei. Depois volto para te agradecer pelo teu perdão e te prestar um culto de adoração! Sim, um louvor ao meu Deus Misericordioso!


*



"Perdoai as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos têm ofendido".


  

Zui Galvão

*


quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Jesus, sinal a ser seguido!


Jesus

Jesus, sinal de amor, fé e esperança.

Sinal de que preciso para viver bem!

 

Sinal de mudança de vida, de transformação, não somente neste tempo Quaresmal, mas em todo o tempo!

Todo o dia hei de buscar a conversão.

 

Onde está Nínive? Está dentro de mim!

Compadeça-Te de mim, ó Senhor, como fizeste com os ninivitas.

 

Afasta-me do mal caminho, não quero ser destruída, nem corrompida pelas investidas do inimigo, fortalecei-me!

 

Eu creio! Creio no Deus da bondade e misericórdia, que olha por mim, que conhece o meu coração!

 

Que eu seja sinal de Vossa presença na minha casa, na minha comunidade, no mundo.

 

Jesus, sinal de amor hoje e sempre!


 

 

Meditação do Evangelho de Lucas 11, 29-32


Abraços fraternos,

 

Sileni Machado

Vivendo e Aprendendo

Fotos e Prosas

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Renova-me,Senhor Jesus!








Evangelho de Mateus 6,1-6. 16-18








Senhor... Não há coincidência em nada que vem de vós...É providência!

".É Quaresma.Tempo de voltar para Deus.Tempo de reconhecer que, muitas vezes, erramos a mira e temos que reencontrar o alvo".

A liturgia quaresmal que hoje tem inicio com a Campanha da Fraternidade, cujo tema é:
"Eu vim para Servir", me  tocou profundamente e me fez ver realmente onde e como  praticar a Caridade.
Durante anos da minha vida  me anulei para servir... doava-me em atitudes  materiais e afetivas... nada questionava... Apenas fazia.
Por dentro me corroía a alma...Onde estava o reconhecimento se somente da maioria vinha ingratidão... A vivência do Evangelho foi-me abrindo os olhos ... Comecei realmente a "ver " o que antes apenas "enxergava".
Nos meus atos de Caridade estava  imbuída a Vaidade, junto o Orgulho de ser reconhecida.
Quão falha minha ação...
Para servir a Deus, como ele quer, o serviço deve ser na extensão dirigida ao meu irmão... Sem alarde, sem ostentação, sem esperar nada em troca, porque a recompensa e o reconhecimento Deus já me deu!
O inimigo sempre à espreita penetrava através das frestas abertas e fazia o estrago... Mas vós SENHOR  socorria-me nesta hora de dúvidas e aflições.
Há uma semana, com mais contundência , um dos meus favorecidos de sempre se rebelou e creio foi um instrumento usado por vós . A crítica de que minhas doações eram do conhecimento de terceiros, num primeiro momento me causaram mágoa e revolta...
Fui acalmando meu coração e pela oração consegui penetrar nas razoes  e compreender que  Deus sabe o tempo certo para tudo, a hora de parar e mostrar que quem recebe deve fazer bom uso dos bens recebido e caminhar com suas próprias pernas!
Retomei meu alvo Senhor, este Evangelho de Mateus chegou em boa hora, vós me falastes eu te ouvi!

"Tende piedade ,ó meu Deus,misericórdia!
Na imensidão de vosso amor , purificai-me!
Lavai-me todo inteiro do pecado, e apagai
completamente a minha culpa!"(Sl 50) 







terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Meu Jesus Compassivo



“Jesus, cheio de compaixão, estendeu a mão, tocou nele...” (Mc 1,41)


 “Se soubésseis como a pele é profunda”...
(Paul Valéry)

Senhor,
Quero o seu carinho, o seu aperto de mão, o seu abraço...
Sou 'leprosa' em muitos sentidos mas ainda tenho a vida a correr em mim.
Eu quero o Seu Toque Protetor e deixo-me tocar pelo Senhor!
Preciso sentir a 'pele' de Deus em mim...
Reconheço sua predileção por mim.
Estou aqui numa região solitária, num deserto todo meu!
Suplico-Lhe ajoelhada...
Entretanto, acolho a Sua Vontade Santa...
Sei que não me ama à distância,
Sinto Sua Presença.
Toque-me, Senhor, 
Estende-me a sua mão misericordiosa,
Preciso de ser remexida pelo Senhor...
O Senhor pacifica-me, cura-me.
Vivo mais humanizada e  plena...
Eu também preciso tocar os semelhantes:

com uma visita (orfanatos, hospitais, cárceres, periferias, sanatórios, asilos, favelas... ), um telefonema, uma saudação na rua, um favor, um serviço prestado com amor.

Põe-me na pele dos outros, meu Amado Mestre!








sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Abre-te!





TRILHA:

                                         

"...Olhando para o céu, suspirou e disse: "Efatá!", que quer dizer: "Abre-te!"
                                                                                   Marcos ,31-37

Hoje o Senhor vem me falar da necessidade de ouvir.
Tem sido tão raro parar para ouvir os que me cercam.
A correria me afasta.
O tempo me leva ao esquecimento.
E, de repente, me dou conta de esquecer datas importantes.
De compartilhar sentimentos.
Lembrei-me por um momento, de minhas amigas.
A distância que nos tem separado.
A saudade dos momentos que dividimos.
A ausência.
Há dias que digo: Vou ligar. Dá um bom dia! Mas então, quando me dou conta, o dia já se foi.
E me pergunto: onde estão? Como estão?
Muitas vezes, tudo o que preciso, é sermos ouvida.
Mas quanto estou ouvindo?
Sabe que dói saber não lembrada?
Não basta amar, é preciso dizer que ama.
E o falar?
O falar sem dificuldade?
No momento, no instante certo?
O falar aquilo que precisa ser ouvido?
Dai-me, Senhor, essa graça.
A graça de saber ouvir os que me cercam, me aprofundando na caridade de servir-lhes de ajuda fraterna, não na curiosidade de saber de suas vidas.
Dai-me a graça, de saber falar o que edifica, no momento certo de fazer frutificar a semente do amor de irmão.
E abre, Senhor, não só meus ouvidos ou meu falar, como também meu coração para saber amar.
Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!
Para sempre seja louvado.
Amém!


http://horadeluz.blogspot.com.br/


quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Vivo Porque Tu Vives em Mim,

Evangelho de Mc 7,14-23

Quarta feira da 5ª Semana do Tempo Comum

                                                       
foto de Idalina Pessoa (G+)



                          “ O que torna impuro o homem não é o que entra nele vindo de fora, mas o que sai do seu interior”


                                                    Este é o cerne central do Evangelho de Hoje .  Jesus me conclama a louvar e adorar ao meu Deus  compreendendo no meu coração que tudo que me foi dado é bom, foi feito para mim e agrada a Deus  servir ao meu irmão.
                                                               Suplico-te meu Senhor  daí-me um coração novo, que de mim sempre saia aquilo que queres de bom. As vicissitudes do mundo ,  aquelas que corrompem os valores  intrínsecos à personalidade  dos filhos de Deus não permitais que sejam absorvidas por mim.                                                                Preciso Senhor , por minha confiança somente em vós, preciso ser forte,o bastante para não me corromper.
                                                     Urge, meu Deus, continuar crendo  na tua misericórdia ...Vem em meu socorro neste momento !
                                                      Faz-me  ser um sinal vivo da vossa presença , daí-me a graça de seguir a Jesus e executar com fervor tudo aquilo que ele  me  disser, pois só nele, que me deste como pão e alimento,  posso fortalecer-me na fraqueza .
                                                       Que a Eucaristia seja o meu sacramento para vida eterna!
                                                       Que te receber não seja motivo de condenação!
                                                       Porque vivendo o Bem , vivo unida em Cristo.
                                                       E  participar da Eucaristia seja sempre motivo de salvação.

Maria, modelo de Pureza e Bondade, intercedei  por mim  junto a Jesus para que eu seja uma boa cristã! 

                                                        


terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Jesus, Levante-me!



(Mc 1,29-39)


“Ele se aproximou, segurou sua mão e ajudou-a a levantar-se”. (Mc 1,31)


Estou 'enferma', meu Senhor e meu Deus...

Aproxime-se de  mim, meu Amado Mestre,

Segure a minha mão,

Ajude-me a levantar,

Quebre distâncias: minha Contigo e com os demais...

A minha dor só Você conhece, mais ninguém...

Preciso da sua Ternura, do seu Carinho e da sua Solidariedade...

Preciso por-me de pé...

Restitui a  minha dignidade, Senhor!

Preciso discernir...

Dar direção nova à minha vida...

Tenho sentido-me oprimida...

A minha dor é só minha e sua...

Estou caída, lançada no chão eu fui...

Sei que Você é meu melhor amigo

Reintegre-me, por caridade,

Põe-me a serviço, meu Mestre,

Estou 'imobilizada'...

Dá-me ânimo e generosidade eu preciso...

Rompe as distâncias que me sucumbem,

Dá-me a sua Compaixão, a Ternura e o seu Amor Solidário...

Só assim serei verdadeiramente livre...

Obrigado, meu Deus!









sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

O Precursor

«Se não vos fizerdes como crianças. não entrareis no Reino...»



EVANGELHO  SÃO MARCOS 6, 14-29


O Precursor paga com a vida a sua nobre coragem,
ao denunciar a união irregular do rei Herodes Antipas.
Jesus também viria a pagar com a vida a defesa da
verdade divina.


Jesus, fazei de mim uma criança para que eu encontre sempre nela,
o caminho para ir até Vós.
Não, deixeis Senhor, que eu seja mais uma ovelha tresmalhada do
Vosso redil..
Vós que me conheceis melhor que eu, a mim mesma; aumentai a
minha fé, quando sentirdes nela as minhas fraquezas, e fragilidades.
no caminho que vou fazendo para chegar até Voz..
Eu Vos Louvo, e Vos dou Graças, Senhor, 
por me acolherdes com o Vosso Amor!
O Vosso Amor de Pai incondicional, me amolece o coração...
e me dá força para partilhá-lo com meus irmãos...!
A Vossa Paz me sacia, e refresca todo o meu ser.
A Vossa bondade meu Pai, me acalma nas tribulações da vida.
A Vossa Luz Senhor, ilumina meu caminho ofusco, e me mostra
o caminho da verdade.
Sinto a Vossa presença meu Jesus, quando estou triste, Sois o
meu amparo, de Vós me valho, meu Senhor e meu Deus.
Pai, ínebriame com a Vossa Luz,  
Dai-me a Vossa  Paz , e enche-me de Amor. 
Bendito e Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo,
que para sempre seja  Louvado com,
Sua Mãe Maria Santíssima, Ámen.

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Jesus não é reconhecido em Nazaré

Reflexão à Luz do Evangelho de São Marcos 6, 1-6


Jesus não é reconhecido em Nazaré, porque a falta de fé dos que O ouviam na Sinagoga fê-los duvidar de que Ele era verdadeiramente filho de Deus, uma vez que era de condição humilde, filho do “carpinteiro José”!
Sendo testemunhas oculares dos seus milagres, não acreditaram que a Sua Sabedoria fosse divina, pois os seus corações estavam fechados à Boa Nova e Jesus admirou-se com a resistência do seu povo dirigindo-se para outros lugares, sem antes proferir:“ Um profeta só não é valorizado na sua própria terra, entre os parentes e na própria casa”!
Este Evangelho que tentei resumir questiona-me e leva-me a pensar em como tantas vezes não valorizo os que me estão mais próximos, os mais simples, os mais humildes, os que aparentemente nada têm, dando mais valor e importância a outros que mais afastados fazem apanágio dos seus atributos e nada são!
Como estou errada e cega, Senhor, como o teu povo de então e quanto a minha fé ainda é tão limitada! Como fecho o meu coração à Tua Palavra na recusa ao teu projeto salvífico!
Perdoa-me, Senhor, pela minha falta de fé e porque ainda não te sei amar e me afasto do teu caminho em vez de fazer de Ti morada no meu coração! 


 Oração
Ficai conosco, Senhor, 
acompanhai-nos, ainda que nem sempre tenhamos sabido reconhecer-vos. 
Ficai conosco, porque as sombras vão se tornando densas ao nosso redor, 
e vós sois a Luz; em nossos corações se insinua a desesperança, 
e vós nos fazeis arder com a certeza da Páscoa. 
Estamos cansados do caminho, 
mas vós nos confortais na fração do pão 
para anunciar aos nossos irmãos que na verdade vós ressuscitastes 
e nos destes a missão de ser testemunhas da vossa ressurreição.”
(Bento XVI)

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

A "Autoridade" de Jesus Sobre Mim



Obrigado, Senhor, por não me expulsar da Sua Presença Amorosa...

 

“Ele as ensinava como quem tem autoridade, não como os escribas”.
(Mc 1,22)


Jesus, você nunca fala 'grosso' comigo... nunca fala em tom alto, grosseiramente...
Anima-me e dá-me generosidade.
Sinto-me reconhecida por você em tudo que faço e sou...
Você não me passa receituários de conceitos
E sim permite-me ter uma experiência com você.
Você não é repetitivo e rotineiro.
Tudo que vem de você tem sabor de novo...
Sua Palavra é dinâmica em  mim,
Você é coerente!
Fala-me o que vem do seu Coração Sensível
Não como um carrasco...
Você toca-me no profundo de mim.
Você é Presença compassiva para mim.
Seduz-me...
Você dá-me Luz... refresca-me todo o ser...
Reconduz-me ao meu centro... ao meu eu real...
Une-me aos demais!
Você concede-me profundidade...
Me faz ter raízes,
Elimina o meu desamor,
Concede-me a paz.
Tenho sentido o quanto luta para que eu tenha desapego...
Faz-me ultrapassar desafios do cotidiano,
Recompõe-me,
Põe-me em silêncio,
Me interioriza,
Faz-me enxergar o valor da simplicidade,
Afasta-me das palavras vãs...
Não me fala com a boca tão somente
Introduz-me em Seus Segredos de amor...
Muito obrigado, Senhor, pela sua expressão amorosa e criativa!