quarta-feira, 27 de abril de 2016

Jesus nos deixa um novo mandamento



Evangelho: João 15, 12-17


"Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, como eu vos amei."


Podemos reconhecer como Jesus nos amou em sua vida comum entre familiares e amigos e em seu ministério. E também, nos testemunhos de amor de todo o discípulo hoje, que, unido em oração à vontade do Pai, permanece em Jesus, fiel a suas palavras: "O que eu vos mando é que vos ameis uns aos outros." 

Como Jesus me amou, com seus gestos, suas palavras, seus compromissos, sua doação, sua humildade, seu serviço, sua libertação, sua alegria de viver. Como Jesus me amou, inserido na simples condição humana, na plenitude do amor, sempre em comunhão com os mais carentes, os necessitados. Posso continuar escravo do pecado, do egoísmo, do individualismo, do ódio, do ressentimento, da mágoa... Mas, em Jesus, posso me libertar desses sentimentos decadentes e me tornar amiga do Senhor. Mesmo com minha fragilidade e minha incoerência, ele me escolheu para estar com ele e transmitir suas palavras. A medida do amor fraterno é a medida do amor de Jesus pelos seus discípulos. Os "amigos de Jesus", nós todos por quem o Senhor entregou a sua vida e revelou a verdadeira face do Pai.

*

Meu Senhor, ajuda-me a superar as diferenças inevitáveis no meu convívio com o outro, e a transformá-las em riquezas para nós. Fazei que, com a vossa graça, o amor fraterno sempre prevaleça em mim e mostre para todos o poder de vosso amor; e que o perdão em minha convivência diária, apague os ressentimentos e mágoas que eu ainda possa ter . Assim, aos poucos, ainda aprenderei a amar.




"Ao entardecer desta vida, seremos julgados pelo amor."

*