sábado, 9 de abril de 2016

Meu Multiplicador do Pão que Preciso

2ª Semana da Páscoa 

Jo 6,1-15

"Onde vamos comprar pão para que eles possam comer?”

Jesus disse: “Fazei sentar as pessoas”. Havia muita relva naquele lugar, e lá se sentaram, aproximadamente, cinco mil homens.

Jesus disse aos discípulos: “Recolhei os pedaços que sobraram, para que nada se perca!”


Meu Mestre amado, sei que continua multiplicando pães e peixes o tempo todo... 
Como assim? 
Fazendo não me faltar absolutamente nada...
Tenho tudo... a cada dia me vem o necessário... 
Como uma porção generosa que me preenche e alimenta meu corpo e espírito...

Perguntas básicas acima extraídas do seu Evangelho que me contemplam muito ao meditá-las...
Sua Porção cotidiana é impressionante... 
Alimenta a minha fome material e espiritual... 
Se me faz falta comida física, eu recebo-a... 
Se me faz falta o pão da alegria, vem me confortar o coração...
Que mais eu posso querer?
Nada!
Ainda me sobra para compartilhar...
A sua Graça me basta!





 Jesus retirou-se de novo, sozinho, para o monte.

Obrigada, Senhor, por alimentar minha sede do Senhor, sobretudo...
Persevero em oração, abandono e confiança no seu Poder transformador de toda e qualquer situação... ainda que, aparentemente, adversa... sem o 'alimento' que almejaria em algumas circunstâncias: 'situações resolvidas ' do jeito que acho que seria bom...
Agradeço-Lhe mesmo assim! 

Obrigada, Senhor!