sábado, 2 de julho de 2016

Aquele que me Levanta Sempre

(Viva São Pedro, a quem Jesus entregou as chaves da nossa igreja!)

(Mt 8,28-34)

Um belo dia, Jesus ergueu-me, devolveu minha dignidade roubada pela vida afora...



Foi aqui neste Mosteiro...

Ele curou-me e libertou-me...

Desmascarou quem enganou-me a vida toda querendo tirar meu valor de Filha de Deus muito amada, resgatada e enviada... para edificar os irmãos...

Sinto-me aceita por Deus... também pelos irmãos...

Saí da prostração em que estava metida por anos a fio... estava num labirinto... afogava-me
no mar da amargura...

Naquele Monte Santo, fiquei de pé novamente... 

Foi a oportunidade que Deus deu-me e eu soube ler, ver e aproveitar... hoje, saboreio, com serenidade, tantas bênçãos do Mosteiro recebidas, vindas do Mestre Amado que sabia de tudo que se passava em meu sofrido coração...

Ele levantou-me através das Irmãs Beneditinas!

Perdoou meus pecados...

Vivo em Ação de Graças!

Deus concedeu-me muitos dons e os valorizo... distribuo-os porque os tenho de graça...

Obrigada, meu Deus e Senhor!






Minhas Irmãs baluartes... suportes... sou suporte aos demais porque tenho grandes baluartes a cuidarem de mim...


Meu livro beneficente para retribuir os dons que Deus deu-me...




Jesus levantou-me quando estava caída e, agora, ajudo outros a levantarem-se...
Tudo para a maior glória de Deus!
Oro e trabalho...

Obrigada, Senhor!