terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Meu Oásis no Deserto





Mateus 11, 2-11



... "os cegos recuperam a vista, os paralíticos andam,

os leprosos são curados, os surdos ouvem,

os mortos ressuscitam e os pobres são evangelizados.

Feliz aquele que não se escandaliza por causa de mim!'






Meu Deus, quantas maravilhas vejo todos os dias acontecerem dentro do meu coração e ao meu redor!
Independente disso, fico ainda incrédula... na pequenez da minha pouca fé, duvido da sua Vitória sobre tudo e todos os obstáculos...
Tudo o Senhor pode...
Eu creio, mas aumente a minha fé!



'O que fostes ver no deserto?






Faço meu deserto de Advento... com vigilância a generosidade...
Intempéries não me faltaram...
Aparte disso, os contratempos tentam minar minha fé... sem embargo, não conseguem, claro!
O Senhor está por trás da minha vida para acalmar todas tempestades...
Não vejo os problemas e sim O vejo, meu Mestre! Percebo, nitidamente, a sua Presença amorosa...
Volto-me ao meu Cristo sempre glorioso e iluminado... como um girassol, vou caminhando firme rumo aos seus apelos e, a exemplo de João Batista, sei o quanto o Senhor é Poderoso para acalmar tudo no mundo atual e em  mim...

"Feliz aquele que não se escandaliza por causa de mim."


 ... "o menor no Reino dos Céus ...é maior do que Ele." 






Sou pequena, mas o Senhor é grande e glorioso...
É atencioso, caminha comigo, me concede poderes sobre o mal que tenta minar minha força espiritual...
A Novena de Natal está linda e cheia de frutos...
Estou preparando o caminho para recebê-Lo como convém...

Durante o Advento, caminhando rumo ao Nascimento do Menino Deus.... pouco a pouco... vou prosseguindo com ânimo...
Partilha da Palavra, de vida, do pão para o necessitado...
Vem, Senhor Jesus!
Emanuel, 'Deus conosco', caminha comigo...
Se achegue de mansinho... 
Doçura da Virgem Maria, vem cumprir a obra começada em mim...
Que eu profetize sem temor e sem cessar!