domingo, 1 de janeiro de 2017

Santa Maria, Mãe de Deus

Evangelho de Lucas 2, 16-21
Refexão


O estábulo e a manjedoura onde o Menino nasceu, deitado e envolto em frágeis panos protegido por sua Mãe Maria Santíssima e por seu pai adoptivo José, foi o local pobre e humilde que Deus escolheu para manifestar aos homens o Seu Projecto Libertador realizado em Jesus Cristo.
Os pastores a quem Deus anunciou através dos anjos o Nascimento de Jesus foram os primeiros a acorrer para O adorar e louvar, contando tudo o que haviam visto e ouvido. Com que alegria o fizeram e como saíram dali felizes a espalhar a Boa Nova.
Deus sempre a agir na maior simplicidade. A fazer-se anunciar aos mais simples e marginalizados de forma desconcertante.
Maria, a Senhora do Sim, sem questionar, via e ouvia guardando e meditando todas aquelas palavras no seu coração.
Esta passagem Bíblica é de uma enorme riqueza catequética. Será que a entendo em todo a sua dimensão? Como procedo no meu dia a dia?
Será que o meu coração é tão simples como o estábulo onde Jesus nasceu? Será que O acolho em cada dia com a alegria dos pastores? Será que O louvo e adoro a cada momento e d’Ele dou testemunho?
A atitude meditativa de Maria, a primeira discípula fiel de Jesus, leva-me a reflectir sobre o meu percurso de vida e a reconhecer como tantas vezes  não tenho estado atenta aos sinais de Deus de modo a acolher no meu coração com disponibilidade, humildade, serenidade, confiança e fidelidade os planos que Ele para mim traçou.
Penso também como não tenho seguido o exemplo dos pastores, esquecendo-me tantas vezes de louvar o Senhor, agradecendo pelo tanto que me oferece em cada dia.

 Oração
A exemplo de Maria, sua Mãe Santíssima e nossa Mãe, rogo-Lhe, Senhor,  que me ilumine e fortaleça, para que assuma o compromisso de estar sempre atenta aos seus sinais  no acolhimento e serviço aos outros, com a firmeza e a agilidade de uma serva fiel, deixando-me fascinar a cada instante pelo seu ideal, no cumprimento da sua Palavra.


Hoje comemora-se o Dia Mundial da Paz.
 Louvo a Deus e rogo que, por intercessão de Sua Mãe Maria Santíssima, seja concedida a Paz ao mundo inteiro. 
Santa Maria, Mãe de Deus e nossa Mãe, Rainha da Paz, dai-nos a Paz! 

«Rogai por nós Santa Mãe de Deus para que sejamos dignos de alcançar as promessas de Cristo, Ámen»!