domingo, 26 de março de 2017

Jesus cura a minha cegueira espiritual!



Sou cega quando não consigo enxergar as maravilhosas obras de Deus nas pequenas coisas, quando não reconheço a verdadeira Luz que me liberta da escravidão do pecado.
Sou incrédula quando não consigo crer nos milagres através da fé.
Sou fariseu quando penso ser a dona da verdade, quando julgo o meu próximo sem conhecer o seu coração, quando não aceito a opinião do meu irmão e sem nenhuma humildade desprezo-o...
Mas Jesus na sua infinita bondade e misericórdia, me pergunta a todo instante: "Acreditas no Filho do Homem?" e eu respondo: "Eu creio, Senhor!"
Tu és a minha Luz, o meu rochedo e salvação! Em Ti coloco todo o meu ser e todo o meu viver.
Não há alegria maior do que abrir o coração e ser agraciada pela Luz que é o próprio Jesus: Caminho, Verdade e Vida!
Que eu possa sempre buscar a Jesus, Luz que cura a minha cegueira espiritual, que abre o meu coração, que me liberta de tudo aquilo que me afasta de Deus: o egoísmo, a vaidade, a soberba, a impaciência, a intolerância e, acima de tudo, a falta de fé! Eis-me aqui, Senhor! Renova-me, cura-me, livrai-me de todo o mal! Nesta Quaresma, rogo a Ti, Senhor, que renova em mim a graça do Espírito Santo derramado em meu batismo para que, fortalecida na fé, possa ser luz aos meus irmãos.  Agradeço, Senhor, pela Vossa misericórdia e por nunca desistir de mim. Assim seja!

Meditação do Evangelho de João 9, 1.6-9.13-17.34-38.


Abraços fraternos,

Sileni Machado