domingo, 23 de julho de 2017

Joio ou trigo? A escolha certa!



No terreno do meu coração brota o trigo e brota o joio. Pela minha natureza humana e pela condição de pecadora que sou há a constante luta entre o bem e o mal. Cristo veio para dissipar essa luta dentro do coração para que somente o trigo permaneça. O que faço eu para que o joio seja queimado e lançado fora? Cristo veio para que eu seja uma nova criatura! O que estou esperando para banir de vez todo o joio do meu coração para que seja terreno fértil, que cresça como o grão de mostarda, que se transforme como o fermento faz com a massa... ? O que é preciso para que haja uma mudança em minha vida? O que é preciso para que Jesus torne o meu coração fecundo? É preciso que eu permita! Apenas isso! Que eu permita que Jesus entre no meu coração, que Ele remova toda as pedras, todo o joio para que as semente boas possam ser cultivadas. Assim age Jesus! Sem permissão Ele não avança, porque respeita demais a minha liberdade, porque Deus me fez para ser livre, independente de qualquer coisa! Mas com o tempo devo saber que a verdadeira liberdade vem de Deus que tem o coração misericordioso e misericórdia é o que Ele espera de mim muito mais do que sacrifício! Misericórdia é o que devo ter no meu coração, assim conseguirei cultivar boas sementes e ter um coração fecundo! O inimigo, certamente, vai continuar lançando o joio no meu coração porque ele é persistente! Por isso também devo ser persistente em Cristo para que eu possa brilhar como sol no Reino de Deus! Assim seja!


Meditação do Evangelho de Mateus 13, 24-43.


Abraços fraternos,

Sileni Machado