sexta-feira, 22 de setembro de 2017

O Amor de Jesus por mim, me transforma todos os dias.

Lc 8,1-3

“Ouvi Senhor as preces do vosso servo e do vosso povo eleito: dai a paz àqueles que esperam em Vós, para que os vossos profetas sejam verdadeiros”. (Eclo 36,18)


“Quão preciosa é, Senhor, vossa graça! Eis que os filhos dos homens se abrigam sob a sombra das asas de Deus”. (Sl 35,18)


Jesus amava a todos da mesma forma, tinha seus discípulos e tinham mulheres que o seguiam, também suas discípulas, elas tinham sido curadas de alguma forma e o seguiam.
Depois de terem sido curadas, não podiam voltar atrás, tinham que servir e seguir Jesus.
E elas os ajudavam, eram mulheres ricas, um delas era mulher de um procurador de Herodes.
As mulheres naquele tempo eram muito humilhadas, ainda hoje o é de alguma forma, eram tidas como meras procriadoras e Jesus era contra qualquer tipo de discriminação e queria a igualdade entre eles, os mesmos direitos e essas mulheres tinham gratidão por Jesus.
Hoje vemos que algumas pessoas que sofreram uma perda ou passaram por uma doença ou provação terrível, se voltam para Jesus e começam a servi-lo de alguma maneira.
Isso tem um nome, é Amor!
Não podemos gastar nossa vida com pequenos amores, mas sim experimentar o Amor de Jesus, que é o Amor mais profundo e verdadeiro.
E eu agradeço a Jesus, por ter experimentado o seu amor e ter me deixado seduzir por este amor, no qual quero viver e um dia morrer.
E quero poder semear esta semente do Amor, pelo menos para aqueles com quem convivo.
Já fico feliz se puder suscitar esta vontade neles de se deixarem seduzir por Jesus!



 Paz e bem!