domingo, 8 de outubro de 2017

A Vinha que me confiastes

Evangelho de Mt 21,33-43
Reflexão Pessoal


                                     

                          O  que poderia eu ter feito mais por  minha vinha e não fiz?          (Is 5,4)

                                      O evangelho de Mateus 21,33-43 reflete na leitura de Isaias 5,4  o que me aflige hoje o coração... Jesus nessa  Parábola do vinheteiro em que o dono da vinha delega responsabilidades   e conclama a responder à pergunta: O que estou eu a fazer  com a "vinha" que me confiaste?
                                      Responder hoje especificamente é um desafio...Tive um dia cheio de contradições, alternando as alegrias de ontem com as amarguras do dia de hoje... É a incerteza das palavras que escuto na dúvida que paira se realmente são vindas de Deus, mas paro reflito tento ouvir meu coração. É muito 
breve a hesitação e nesse emaranhado tecido desfaço a rede e retomo o fio condutor: me apegar à palavra . 
                                      Tenho uma missão, que é uma  ordem divina, ser responsável pelo que Deus me colocou no caminho. E tenho uma vinha para cuidar! Sou, portanto, um vinheteiro.
                                       E Jesus vem insistindo e Jesus vem  mw chamando à conversão . Para tomar conta da vinha  somente o Amor, vivido e compartilhado com o irmão- " Amai-vos uns aos outros como eu vos amei" - essa foi a ordem que veio de Deus!
                                      E eu preciso amar mais... acima da dor da
ingratidão, acima  das vulnerabilidades, acima das vaidades, ou seja tenho que ter humildade na minha pequenez e muita caridade para amar como Jesus amou!
                                      Na caridade  eu perdôo porque  quero ser perdoada e compreendida e amada.
                                      Não quero ficar fora do teu Reino Senhor!

" Por isso eu vos digo: o Reino de Deus vos será tirado e será entregue a um povo que produzirá frutos"( Mt 21,43)

                                        Em vós Senhor busco meu refúgio , que eu consiga dar os frutos na vinha que me confiastes:  minha familia, minha vizinhança, minha comunidade , meu trabalho e onde mais a minha Fé me conduza por tuas mãos.

" Foi  a vossa mão direita que a plantou; protegei-a , e ao rebento que firmastes!"( Sl 79)
                                         Jesus ! Eu confio m Vós!






www.claudete-viaspercorridas.blogspot.com.br