sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Doador dos meus Talentos





"Tudo o que de bom há em nós é um puro dom de Deus."
(Santo Padre Pio de Pietrelcina)

(Mateus 25,14-30)

`Senhor, tu me entregaste cinco talentos. Aqui estão mais cinco que lucrei’. 

Muitas vezes, eu dei retorno ao Senhor meu Deus de diversas maneiras...

`Muito bem, servo bom e fiel! como foste fiel na administração de tão pouco, eu te confiarei muito mais. Vem participar da minha alegria!’ 

Senti a fidelidade sua em minhas ações e movimentos tanto internos como em ações concretas...

`Senhor, tu me entregaste dois talentos. Aqui estão mais dois que lucrei’. 

Fico feliz e me alegro muito quando faço feliz ao meu Senhor na pessoa dos meus semelhantes...

`Muito bem, servo bom e fiel! Como foste fiel na administração de tão pouco, eu te confiarei muito mais. Vem participar da minha alegria!’ 

Vi sempre a sua Ação extraordinária em minha vida, me amparando e me dedicando todo carinho como se eu fosse filha única...

`Senhor, sei que és um homem severo, pois colhes onde não plantaste e ceifas onde não semeaste. 25Por isso fiquei com medo e escondi o teu talento no chão. Aqui tens o que te pertence’. 

Mas, quando sinto medo, que vergonha sinto um tempo depois! Com posso temer se o meu Deus é que tudo faz e eu sou apenas um instrumento?

`Servo mau e preguiçoso! Tu sabias que eu colho onde não plantei e que ceifo onde não semeei? Então devias ter depositado meu dinheiro no banco, para que, ao voltar, eu recebesse com juros o que me  pertence.’

Pois é, perdão, meu Mestre, se sou indiferente à dor humana como um todo, se sou preguiçosa, muitas vezes, se não aplico o que me deu com tanto ânimo em forma de dons e talentos!

`Tirai dele o talento e dai-o àquele que tem dez! 

Tem misericórdia da minha pequenez, meu Mestre Amado!

Porque a todo aquele que tem será dado mais, e terá em abundância, mas daquele que não tem, até o que tem lhe será tirado. Quanto a este servo inútil, jogai-o lá fora, na escuridão. Ali haverá choro e ranger de dentes!’  

Não me deixe ser uma serva infiel e inútil a tanto que recebi de Ti, meu Deus e Senhor!
Mesmo que eu não seja digna de sua generosidade aos extremos, perdoe-me e me põe novamente no caminho da restauração e da animação mesmo diante da incompreensão alheia e da falta de retribuição de toda e qualquer doação que eu tenha feito porque sei que a Força eu tive do Senhor e não teria feito nada por mim mesma.
Pena que eu não saiba amar nem ao Senhor nem aos meus irmãos com a mesma intensidade, Pai Amado!
Perdão! 




"Sem Jesus, você nada pode fazer." 
(Santo Padre Pio de Pietrelcina)




"Ó Jesus, coroa e prêmio inefável daqueles que se distinguiram com humildade e heroica fidelidade na imitação de tuas virtudes e, de modo particular, na generosa participação de teus sofrimentos, para se tornarem zelosos e infatigáveis apóstolos na salvação das almas, eu te peço, com firme confiança, que me conceda por intermédio de Santo Padre Pio de Pietrelcina a graça que ardentemente desejo."