domingo, 3 de dezembro de 2017

"Vigiai!" - 1º Domingo do Advento

Evangelho de Marcos 13,33-37 

(Reflexão)


Neste primeiro Domingo de Advento, em que se inicia o novo Ano Litúrgico, sou convidada a vigiar, a orar e a converter-me. Tempo privilegiado de alegria e esperança na expectativa da vinda do Senhor, Deus encarnado, que vem e virá e me convida a que, com firmeza, e em cada dia, caminhe na solidariedade e na partilha.

O Evangelho de Marcos impele-me a vigiar tal como o porteiro da Parábola. Todos os porteiros são os servos submissos do Senhor, que dão testemunhos, proclamam a paz e a justiça, promovem o perdão e a fraternidade, estão alertas e vigilantes com os compromissos do Reino. Assim deve ser a minha postura empenhada na construção do Reino e de um mundo melhor.
Como o posso fazer? Aprofundar a minha fé e estar sempre atenta às necessidades dos outros -  quem vive só, os doentes, os excluídos da sociedade, entre outros, -  que tantas vezes ignoro.
Mas também na família devo ter uma conduta que espelhe o meu amor a Jesus pelas minhas atitudes e exemplo.


Vigiar é, pois, o meu encontro com o Senhor no tempo presente estando desperta para o essencial, na expectativa da sua vinda.